TJ/SC preencherá vacâncias em 09 diferentes cargos

O concurso contemplará todas as regiões do Estado e proverá vagas para cargos de 2º e 3º graus de escolaridade

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina também está trabalhando pela deflagração do seu próximo concurso público. E foi a autorização dada pelo Presidente do Órgão, o Desembargador Torres Marques, em 17 de abril deste ano, que deu início às tratativas do certame que contemplará diversos cargos e incentiva aos estudos quem planeja ser servidor do Órgão.

Sabe-se que serão disponibilizadas vagas para os cargos de Analista Administrativo, Analista Jurídico, Oficial de Justiça e Avaliador, Oficial da Infância e Juventude, Arquiteto, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Civil, Enfermeiro para Concursandos com terceiro grau de formação em diversas áreas, e para Técnico Judiciário Auxiliar àqueles com segundo grau completo.

O concurso terá validade de um ano, prorrogável uma única vez por igual período e, segundo palavras do Presidente do Tribunal, visa suprir lacunas do quadro de pessoal e também serve ao aperfeiçoamento da atividade jurisdicional.

Vencimentos e benefícios

Então, oportunidades não faltarão para quem deseja ingressar nessa carreira e garantir remunerações iniciais que variam de R$ 2.858,68 a R$ 4.920,93, conforme edital do último concurso da Instituição, que teve provas realizadas em 01 de março de 2015.

Vale destacar que, além do vencimento básico, o Tribunal oferece auxílio alimentação no valor de R$ 1.000,00 e auxílio saúde de até R$ 300, a depender da faixa etária do servidor, um plano de carreira estruturado, valiosos benefícios, licença prêmio a cada cinco anos, reajuste de 3% do vencimento básico a cada três anos, chamado triênio, bem como o recesso de 15 dias no final do ano e ainda, 30 dias de férias, e exige dos servidores jornada de trabalho de sete horas diárias, no máximo.

Último concurso

A responsável pelo certame do TJSC, que teve edital publicado no final de 2014, foi a FGV – Fundação Carlos Chagas. A Instituição aplicou provas nas cidades de Florianópolis, Criciúma, Lages, Blumenau, Itajaí, Canoinhas, Chapecó, Joinville e Joaçaba.

Há época, 70 questões de múltipla escolha foram aplicadas para todos os cargos ofertados, sendo que para Técnico Judiciário Auxiliar foram 20 de Língua Portuguesa, 10 de Raciocínio Lógico-Matemático e 40 de Conhecimentos Específicos. Já para os demais cargos, as questões foram de Língua Portuguesa (15), Noções de Direito (15) e Conhecimentos Específicos (40).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *